© MMXVII Glauco Fonseca . Todos os direitos reservados.

Textos podem ser republicados mediante citação de autoria.

As 5 fases do luto

May 10, 2017

 

Mostrei à minha esposa a foto de dois senadores petistas – Lindbergh Farias e Gleisi Hoffmann – segurando velas participando de uma “vigília” em favor de Lula. Ela olhou e lascou: “agora, só mesmo a fé consola...”. A língua feminina é um AK-47 carregado. Ainda mais letal quando há um cérebro preparado, como o da patroa, comandando-a. Depois da sentença sumária e estufada de ironia, ela lembrou da psiquiatra Elisabeth Kubler-Ross, que identificou cinco estágios para a experiência do luto, algo que pode perfeitamente “mapear” as diferentes fases onde se pode localizar o personagem nada oculto deste artigo, Lula da Silva.

 

A psiquiatra Kubler-Ross entende que o luto é “um processo necessário e fundamental para preencher o vazio deixado por qualquer perda significativa não apenas de alguém, mas também de algo importante, tais como um objeto, uma viagem, o emprego, uma ideia, etc.”. Antes da derradeira catarse de um funeral ou de uma sentença condenatória definitiva e subsequente prisão (aqui tratando de luto e/ou perda de poder por delitos criminais), segundo a autora, o ser humano passa por cinco etapas que são negação, raiva, barganha, depressão e aceitação. Estas fases se aplicam a pessoas normais, mas não a alguém como Lula.

 

De modo muito sucinto, a primeira fase é a negação do problema, a tentativa de fugir, afastar-se da realidade, seja da morte de alguém ou da perda de poder ou de emprego. Outra etapa é a raiva, em que a pessoa se mostra insurgente com tudo e todos, sentindo-se vítima de injustiça e não se conforma de passar pelo problema. Outra fase é a da barganha, em que o indivíduo começa a negociar, tentando dizer que será uma pessoa melhor se sair daquela situação, faz promessas até a Deus e declara ideias que não lhe são típicas. Segue-se a fase de depressão, quando a pessoa se retira para seu mundo interno, isolando-se, melancólica e se sentindo impotente diante da situação. A etapa final é a aceitação, estágio em que a pessoa se acalma e consegue enxergar a realidade como realmente é, ficando pronta para enfrentar a perda.

 

O caso de Lula, entretanto, não pode ser lido de forma tão didática. Para ele, a negação insistente é tornada verdade em sua mente comprometida. Nega e mostra-se raivoso, denotando absoluta enfermidade que o aproxima de um perfil psicótico limítrofe. Exemplo foi a ameaça que fez aos jornalistas “que mentiram” a seu respeito, afirmando que os prenderia tão logo tomasse posse como presidente em 2019. Declarou ainda que cerceará a mídia e a liberdade de expressão, pois os grupos de comunicação todos o perseguem.

 

A etapa de barganha Lula terceirizou para seus inábeis advogados, ainda que aqui o fenômeno possua apenas contornos jurídicos, o que se comprovou com as tentativas de suspender a oitiva do dia 10 de maio pelo  Juiz Sérgio Moro. Impressiona, neste quesito, que Lula queira aglomerar seus acólitos na capital paranaense aos milhares, ao mesmo tempo em que ele próprio tenta, desesperadamente, os tribunais superiores para afastá-lo da mesma cidade, de seus seguidores e de Moro. Este é um capítulo à parte que merece uma análise mais detalhada, em outro momento.

 

Por fim, duas fases nas quais acredito que Lula não passará. A depressão e a aceitação. A prisão de Lula será considerada, a despeito de toneladas de evidências, testemunhos e provas, uma prisão política e este viés pernóstico e mentiroso irá mantê-lo vivo e vociferante contra seus detratores. Lula permanecerá nas fases de negação, raiva e barganha, jamais aceitando que possa ser punido por crimes comuns, por corrupção ativa e passiva, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e outros tantos delitos.

 

O poder de Lula fez muito mal ao Brasil. O poder, para Lula, foi demais para sua capacidade moral, ética e política. Que apodreça na cadeia até o dia de seu juízo final.

 

 

Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now