O PT é contra o Brasil

1985 - o PT é contra a eleição de Tancredo Neves e expulsa os deputados que votaram nele. 1988 - o PT vota contra a nova Constituição que mudou o rumo do Brasil. 1989 - o PT defende o não pagamento da dívida brasileira, o que transformaria o Brasil num caloteiro mundial. 1993 - Presidente Itamar Franco convoca todos os partidos para um governo de coalizão pelo bem do país. O PT foi contra e não participou. 1994 - o PT vota contra o Plano Real e diz que a medida é eleitoreira. 1996 - o PT vota contra a reeleição. Hoje defende. 1998 - o PT vota contra a privatização da telefonia, medida que hoje nos permite ter acesso à internet e mais de 150 milhões de linhas telefônicas. 1999 - o PT vota contra a adoção do câmbio flutuante. 1999 - o PT vota contra a adoção das metas de inflação. 2000 - o PT luta ferozmente contra a criação da lei de responsabilidade fiscal, que obriga os governantes a gastarem apenas o que arrecadarem, ou seja, o óbvio que não era feito no Brasil. Por que será? 2001 - o PT vota contra a criação dos programas sociais no governo Fernando Henrique Cardoso: Bolsa Escola, Vale Alimentação, Vale Gás e outras bolsas são classificadas como esmolas eleitoreiras e insuficientes.

© MMXVII Glauco Fonseca . Todos os direitos reservados.

Textos podem ser republicados mediante citação de autoria.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now